Tags

, ,

grilo

O grilo, que põe ovos na terra, vive ali na forma de larva; então conseguir metamorfosear no imago. Foi para o chinês triplo símbolo: da vida, morte e ressurreição. Sua presença no lar é considerada promessa de tais, como também nas civilizações do Mediterrâneo. Para os chineses também eram nobres, especialmente os grilos cantando, que eram guardados em gaiolas de ouro ou em caixas mais simples, tendo nesse país até mesmo luta entre grilos.

[Dicionário dos Símbolos, Chevalier]

Prosperidade: Grilos põem centenas de ovos, o que coincide com a crença tradicional chinesa que ter muitos filhos é símbolo de vitalidade e uma necessidade para o sucesso. Muito antigamente, fazendeiros apenas preparavam os campos para a colheita de primavera após ouvirem o canto dos grilos.

Canto: Apenas os grilos machos cantam, normalmente para atrair uma fêmea ou para espantar outro macho. Se você contar o número de cricris em 25 segundos, dividir por 3 e adicionar o número 4, você pode determinar a temperatura em graus Celsius.

Proteção: Por gerações na história chinesa e japonesa, os grilos foram considerados ótimos meios de proteção porque eles param de cantar quando alguém, ou algo, se aproxima.

Poesia: Pelo fato de cantarem no outono e morrerem no início do inverno, a poesia utiliza-os numa conotação à solidão, à tristeza e dele se refere como se o destino dos humanos fosse o seu próprio destino.

[Por que um grilo é sinal de boa sorte?]

Por terem olhos compostos, os grilos são capazes de enxergar diferentes ângulos ao mesmo tempo.

Os grilos são símbolos de sorte na cultura popular. Alguns dizem que quem ouve seu barulho é sortudo. Outros acreditam que encontrar grilos dentro de casa atrai dinheiro.

Apesar de terem asas, os grilos não voam.

Os grilos poderiam ser chamados de vegetarianos. Eles se alimentam principalmente de sementes, frutas e tomates. É por isso que costumam destruir plantações.

[Curiosidades sobre o grilo]

ao ler essas coisas sobre o inseto que apareceu na terapia hoje, fiquei pensando principalmente no fato de representar vida, morte e ressurreição. hoje eu acordei com a música “sujeito de sorte” do belchior na cabeça (que, pensando agora, tem a ver com a sorte e, portanto, remete ao grilo). e tem esse trecho que sempre me pega que é “ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro”. eu tava no ônibus e ficava pensando em cantar essa música assim que esse 2016 acabar.

e aí casou bem tudo: esse ano eu já morri. agora está na hora da minha ressurreição.

Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Advertisements